Preparação de arquivos para o programa Markup

Introdução

Antes de iniciar o processo de marcação, é necessário seguir alguns passos para preparação do arquivo que será marcado. Veja abaixo os requisitos para a marcação do documento:

  • Os arquivos devem estar em formato Word (.doc) ou (.docx).
  • A estrutura de pastas deve seguir o padrão SciELO
  • Os arquivos devem ser formatados de acordo com a Formatação SciELO.

Note

A nomeação dos arquivos que serão trabalhados não deve conter espaços, acentos ou caracteres especiais.

Arquivos de entrada para o Markup

Periódicos do SciELO.org

Somente se estiver trabalhando com um periódico do SciELO.org, use o menu para atualizar a lista de periódicos.

_images/scielo_menu_download_journals.png

Selecione a coleção:

_images/download_journals_data.png

Outros periódicos

Não deve existir o arquivo /scielo/bin/markup/markup_journals_list.csv. Se existe, apague-o.

No lugar, deve existir:

  • ??_issue.mds: atualizado/criado assim que qualquer dado de número é criado ou atualizado
  • journal-standard.txt: atualizado/criado assim que qualquer dado de periódico é criado ou atualizado

Estes arquivos são gerados pelo programa Title Manager ou SciELO Manager.

Note

Title Manager gera estes arquivos em /scielo/bin/markup no computador onde é executado. Então, se o Markup será usado em outro computador, é necessário copiar estes arquivos para o computador onde ele será executado.

Estrutura de pastas

Antes de iniciar a marcação, é necessário garantir que a estrutura de pastas esteja como segue:

_images/doc-mkp-estrutura.jpg

Veja que dentro da pasta markup_xml foram inseridas duas pastas, no mesmo nível:

  • src: utilizada para inserir os arquivos PDF, mídia, ativos digitais (imagens, tabelas etc) e suplementos.
  • scielo_markup: utilizada para inserir os arquivos .doc ou .docx.

Note

Se a recomendação de estrutura apresentada acima não for seguida, o processo de marcação não será iniciado.

Pasta src

Os arquivos referenciados no arquivo marcado, ou seja, aqueles identificados em href, devem estar na pasta src e devem ser nomeados da mesma forma no .doc (ou .docx). Nessa pasta também devem ser inseridos todos os arquivos que farão parte do pacote final, nas extensões desejadas.

Exemplo:

Em scielo_markup, há o arquivo a01.doc, que corresponde ao artigo 1.

Em src, devem ficar os seus arquivos relacionados, inclusive PDF.

A nomeação destes arquivos deve seguir a regra:

Figura

  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + f + identificação da figura + extensão do arquivo de imagem; ou
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + fig + identificação da figura + extensão do arquivo de imagem.

Exemplo: a01f01.svga01f01.tiffa01f01.jpga01f01.png, …

Tabela

  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + t + identificação da tabela + extensão do arquivo de imagem; ou
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + tab + identificação da tabela + extensão do arquivo de imagem.
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + t

Exemplo: a01t01.svga01t01.tiffa01t01.jpga01t01.png, …

Tabela codificadas em XHTML

  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + t + identificação da tabela + extensão do arquivo html;
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + tab + identificação da tabela + extensão do arquivo html;

Exemplo: a01t01.htmla01tab01.html, …

Note

No caso de SciELO Brasil, a codificação da tabela é obrigatória.

Equation

  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + eq + identificação da equação + extensão do arquivo de imagem; ou
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + frm + identificação da equação + extensão do arquivo de imagem; ou
  • Mesmo nome do arquivo .doc (sem a extensão) + form + identificação da equação + extensão do arquivo de imagem.

Exemplo: a01eq1.svga01eq1.tiffa01eq1.jpga01eq1.pnga01eq1.gif, …

Note

No caso de SciELO Brasil, a codificação de equações é obrigatória.

No arquivo marcado, o Markup rotula automaticamente os objetos gráficos, identificando-os da seguinte forma [graphic href=”?a01”] {elemento gráfico fica aqui} [/graphic]. Este valor não deve ser alterado, pois desta forma, o Markup é capaz de associar esta referência com os arquivos localizados na pasta src.

Note

As imagens dos artigos devem estar disponíveis no arquivo .doc, preferencialmente em formato .jpeg e .png.

_images/src_img_report_01.png

O Markup também renomeia as imagens para o padrão já estabelecido.

_images/src_img_report_02.png

No entanto, quando os arquivos correspondentes na pasta src não existem, o Markup exporta a imagem inserida no próprio arquivo .doc, mas há perda da qualidade da imagem. Recomenda-se, então, que as imagens de boa qualidade estejam na pasta src antes da geração do XML.

O relatório indica de onde as imagens foram obtidas, se da pasta src ou extraídas do arquivo marcado .doc.

_images/src_img_report_03.png

O Markup também ajusta automaticamente o nome dos arquivos no XML.

_images/src_img_report_04.png

Formatação do arquivo

Para otimizar o processo de marcação dos elementos básicos do arquivo, é necessário seguir o padrão de Formatação SciELO disponível abaixo:

Instruções para formatação de dados básicos do artigo:

  • Linha 1: inserir número de DOI, caso não exista começar pela seção do sumário;
  • Linha 2: inserir a seção do sumário, caso não exista deixar linha em branco;
  • Linha 3: título do artigo;
  • Linhas seguintes: Títulos traduzidos do arquivo;
  • Para separar autores de título, pular uma linha;
  • Cada autor deve estar em uma linha separada e ter o label de sua afiliação sbrescrito para que o programa consiga fazer a identificação automática;
  • Pular 1 linha para separar autores de afiliações;
  • Cada afiliação deve estar em uma linha separada e ter o label de sua afiliação sbrescrito para que o programa consiga fazer a identificação automática;
  • Pular 1 linha para separar afiliação de resumos;
  • O título do resumo deve estar em negrito em um parágrafo. O resumo deve começar no parágrafo seguinte;
  • No caso de resumos estruturados, título da seção em negrito e cada seção em um parágrafo;
  • O título do grupo de palavras-chave: deve estar em negrito. As palavras-chave devem ser separadas por vírgula ou ponto e vírgula;
  • Seções: negrito, 16 pt;
  • Subseções: negrito, 14 pt;
  • Subseção de subseção: negrito, 13 pt;
  • Texto: formatação livre;
  • Para tabelas, label e legenda devem estar na linha antes do corpo da tabela; e as notas de tabela após o corpo da tabela;
  • Separador de label e legenda: dois-pontos e espaço ou espaço + hífen + espaço ou ponto + espaço;
  • Para tabelas codificadas, o cabeçalho deve estar em negrito;
  • A citação do tipo autor/data no corpo do texto deve ser: sobrenome do autor, ano;
  • Para citação no sistema numérico no corpo do texto: número entre parênteses e sobrescrito;
  • Notas de rodapé no corpo do texto: se identificadas com número devem estar em sobrescrito, mas não entre parênteses;
  • Citação direta longa (quote): recuo de 4 cm da margem esquerda.

Exemplo:

Dados iniciais:

_images/doi.png

Autores e afiliação:

_images/autores.png

Resumo simples + palavras-chave:

_images/resumo-simples.png

Resumo estruturado + palavras-chave:

_images/resumo-estruturado.png

Figuras:

_images/ex-img.png

Tabelas:

_images/tabelas.png

Citação do tipo autor/data:

img/cit-data.png

Citação numérica:

_images/cit-num.png

Citação direta longa:

_images/cit-direta.png

Revision #1
Created 6 August 2021 14:26:33 by Rondineli G. Saad
Updated 6 August 2021 14:27:06 by Rondineli G. Saad